Como funciona o Histórico de Prescrições

 
Índice
  1. Introdução
  2. O Histórico de Prescrições
  3. Buscando dentro do Histórico de Prescrições
  4. Conclusão
Introdução
Se você não sabia que existe um histórico de todas as suas prescrições e que pode não só consultá-lo, mas fazer uma busca por paciente, medicamento ou até mesmo princípio ativo e depois ainda prescrever uma cópia, prepare-se, o seu conceito de “praticidade” vai mudar bastante. 😉
 
O Histórico de Prescrições
Antes de qualquer coisa você precisa saber que as prescrições só vão para o seu histórico depois que você adiciona o nome do paciente, pelo menos 1 medicamento e depois clica em “imprimir”. Se você não clicar em imprimir a sua prescrição não será salva. Com isso em mente, vamos entender agora como o histórico funciona.
 
Para acessar o seu histórico de prescrições é bem simples, você só precisa clicar em “Nova Prescrição” e, assim que a tela da prescrição for aberta, você deve ver um bloco de “Últimas prescrições” como na imagem abaixo:
 
 
Olha só que bacana, aqui nós já temos 4 prescrições, que por acaso, são as últimas 4 que você gerou. Caso precise consultar prescrições mais antigas você precisa clicar no botão “ver mais” e é aqui que as coisas começam a ficar extremamente interessantes! Assim que clicar em “ver mais” você verá a seguinte tela:
 
 
Importante: você precisa ter em mente que essa tela sempre vai ser organizada por mês, ou seja, todas as suas prescrições estão agrupadas mensalmente. Se você começar a descer a tela (scroll para baixo) você perceberá que novos meses serão carregados e dentro deles estarão as suas prescrições.
 
Mas, cá entre nós, não é muito legal ficar tentando lembrar o nome de um medicamento, princípio ativo ou em qual mês você prescreveu para o Paciente X - que, por exemplo, tem um caso idêntico ao paciente que está atendendo agora. Agora imagine poder simplesmente fazer uma cópia da prescrição do Paciente X e prescrever para quem tem o caso idêntico? Vou explicar agora exatamente como fazer isso. 😉
 
Buscando dentro do histórico de prescrições
Vamos então só retomar o nosso primeiro exemplo:
 
Você está atendendo o Paciente Y, e ele tem um caso que requer o mesmo tratamento do Paciente X, que você atendeu alguns meses atrás.
 
Ao invés de pesquisar os medicamentos, preencher tudo novamente (posologias e orientações), você pode fazer uma busca pelo nome do Paciente X. Por exemplo, eu pesquisei por “Nicole” e agora eu só vou ver os meses em que existem prescrições para o nome “Nicole”. Só verei também as prescrições para pacientes chamadas “Nicole”. Muito simples, né? 😃 Veja o exemplo na imagem:
 
 
Ótimo! Já encontramos o que nós procurávamos. Agora só é preciso clicar em cima dela para vê-la por completo. Você então verá a prescrição, mas não poderá editar diretamente ali. Assim que você confirmar que é exatamente isso o que precisa, basta clicar no botão “Editar uma cópia” e pronto, uma cópia dela será criada e você poderá editá-la. Apenas lembre-se de trocar o nome do paciente. Bacana, né? 😉 
 
 
Agora vamos ao nosso segundo exemplo:
 
Você não se lembra o nome do Paciente X, mas lembra o princípio ativo ou medicamento que receitou.
 
Sim, você pode pesquisar por medicamento ou por princípio ativo! A organização dos resultados será a mesma, por mês. Você verá os meses em que prescreveu o princípio ou medicamento pesquisado e verá também os nomes dos pacientes. Depois é só repetir o mesmo processo de clicar na prescrição e em “editar uma cópia”. No exemplo abaixo eu pesquisei por “Amoxicilina”:
 
 
Em um terceiro exemplo nós podemos ter a seguinte situação:
 
Você está atendendo o Paciente X há alguns meses e quer consultar o histórico de prescrições dele.
 
Nesse caso, você pode abrir o seu histórico de prescrições e fazer a pesquisa pelo nome dele, ou então pode digitar o nome dele no campo “nome” na prescrição, como eu fiz abaixo com a “Nicole”.
 
 
Repare que abaixo do “Últimas prescrições” mostram apenas as últimas prescrições para a Nicole e não mais as minhas 4 últimas, no geral. Quando clicar em “ver mais” o filtro já virá ativo apenas para aquele paciente. Você inclusive terá a opção de excluir o paciente.
 
 
 
Conclusão
O Histórico de Prescrições é extremamente útil e prático. Você pode acompanhar tudo o que foi prescrito para um paciente em um único lugar e até mesmo duplicar prescrições para casos parecidos, sem a necessidade de fazer tudo sempre do zero. Assim a sua consulta vai ficando cada vez mais inteligente e com o tempo mais otimizado! 😉 
Junte-se a milhares de médicos que
já usam o Memed todos os dias.

100% gratuito e exclusivo a médicos.



COMECE AGORA

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Seguir
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários